quarta-feira, agosto 30, 2006

sound & vision:)

Esta música já soa muito bem sem imagem, mas com este video....oh boy...

ARCTIC MONKEYS- LEAVE BEFORE THE LIGHTS COME ON (YOU TUBE)

tsool: comets on fire- avalar e citizen kain- under the influence (oliver koletski mix)
JP

domingo, agosto 27, 2006

prozac 26/08/06

PROZAC PODCAST (MP3)

Not perfect, but... all too human...

tsool: PETER BJORN & JOHN- WRITER`S BLOCK (ÁLBUM) e TV ON THE RADIO- RETURN TO COOKIE MOUNTAIN (UN UFO CAIÓ...)
JP

segunda-feira, agosto 21, 2006

Brutal...

Apesar do verdadeiro treino ranger que quem foi a Paredes de Coura sofreu, com chuva a potes, lama e água nas tendas, penso que há poucas pessoas que dão por mal empregue o dinheiro gasto no bilhete.
Começo por falar do concertos que gostei, que na verdade foram quase todos os que assisti. No primeiro dia adorei Broken Social Scene, pois na minha opinião foi um concerto apesar de tudo muito intimista, grandes músicos, ou seja, quase perfeito (faltou a Feist!), gostei muito de Morrissey embora não tenha ficado arrebatado, mas provou mais uma vez que é um senhor. A surpresa da noite ficou gardada para os Fisherspooner, pois deram um grande espectáculo com dançarinas, confetis e grande atitude, provando que não é só de música que se faz um concerto.
No segundo dia os eagles of death metal deram uma descarga de rock & roll que na minha opinião funcionou muito bem para início de noite, os Gang of Four provaram que são mesmo uma das maiores influências da música de hoje, e alternaram o seu estilo habitual com algum experimentalismo, que atingiu o auge quando durante uma música o Vocalista Andy Gill deu cabo dm micro ondas com um taco de Baseball. Os Yeah Yeah Yeahs estiveram muito bem, mas para mim ficaram áquem do concerto de à três anos, os Bloc Party foram estupendos, e devem ter dado um dos melhores concertos da carreira, o concerto foi vibrante do início ao fim, com o público a sempre a corresponder ao máximo. Ainda houve o concerto de We are Scientists, que sinceramente até gostei, mas que foi um pouco estragado pelas bocas foleiras dos embros da banda, nomeadamente aos Bloc Party.
No terceiro dia os Shout out Louds deram um concerto muito bom, sem forçarem nada, conseguiram proporcionar um grande momento. Os !!! simplesmente partiram a louça toda, ainda mais que no ano passado, e notou-se no público que já são um caso de grande popularidade em Portugal. Embora não seja um grande apreciador dos Bauhaus, reconheço que deram um concerto muito competente, e deu a impressão que os anos não passaram por eles, especialmente o Peter Murphy que é sem dúvida um ícone Rock.
Falando agora dos (poucos) concertos que não gostei, refiro os White Rose Movement, que foram para mim uma desilusão, pois não conseguiram reproduzir ao vivo o poder do álbum "Kick", não gostei também dos Madrugada mas sou suspeito porque nunca gostei muito deles. Mas dentro dos concertos que não gostei, o único que me chegou a irritar foi o dos Cramps, pois para mim não basta dizer uma data de barbaridades e partir uns microfones, para se dar um concerto de jeito, já que musicalmente os Cramps são hiperbásicos e as músicas soam todas ao mesmo, e digo até que esta actuação não se inseriu minimamente no espirito do festival.
Outra das coisas que na minha opinião correu menos bem, foram os after-hours em especial os djs, com as excepções da actuação dos pânico e o dj set do Miguel Quintão e a espaços o set do Kitten. Pois tanto os Digitalism, Justice e o Dj que substitiu os Optimo, até começavam bem , mas invariavelmente acabavam por passar um electro que roçava o pior "techno carrinhos de choque", mas ao que parece está bastante na moda.
Apesar disto penso que o Paredes de Coura 2006 foi um grande festival, e está cada vez mais a afirmar-se no panorama dos festivais europeus.

domingo, agosto 20, 2006

prozac 19/08/06

PROZAC PODCAST (o programa pode ser ouvido a partir da página de download, deste modo não se gastam bytes na transferência do ficheiro)

tsool: guillemots- from the windowpane (álbum)
JP

domingo, agosto 13, 2006

"A INFORMAÇÃO QUER SER LIVRE"

A música é simbolo de união. Não serve para alimentar guerrinhas. A equipa do prozac quer que todos tenham muito sucesso em tudo o que fazem, nunca quisemos atacar ninguém. Só pretendemos que as pessoas sejam justas, honestas, humildes, menos arrogantes e menos egoístas (características que todos temos...), e que sejam felizes de preferência a ouvir música. Aqui pretendemos divulgar uma parte dela, se há mais pessoas que sabem de música divulguem-na também.

Leio muita coisa e por vezes é feio o que se escreve por aí, pessoas atacam-se constantemente como de animais se tratassem a tentar defender o seu território. É por isso que por mim acabou, não leio mais, não escrevo mais...a não ser o nome das bandas que gosto. O que penso está neste post e no post "wanna be a DJ", mais seria repetir-me....
tsool: brookville-nothings meant to last
JP

Armas e bagagens...

Acabei de enfiar na bagagem a última lata de chispalhada, já lá está o baralho de cartas e o mítico "palhinhas", se houver espaço pode ser que leve roupa interior. São assim os preparativos para Paredes de Coura que começa amanhã, e que vai ser a partir com tudo, pelo menos a julgar pelo pessoal amigo que vai, e pelo leque de bandas, que na minha opinião é muito bom, embora tenha dúvidas se supera o do ano passado, que foi para mim o melhor festival que eu alguma vez fui.
As minhas apostas para grandes concertos vão para os Broken Social Scene, Bloc Party e White Rose Movement, Morissey e Yeah Yeah Yeahs, mas de certeza que vou ser surpreendido por outras Bandas.
O Blog vai estar parado esta semana, pois mobilizámos para o terreno todos os reporteres Prozac, e fica já prometido uma extensa reportagem com o rescaldo do festival.

sábado, agosto 12, 2006

WANNA BE A DJ?

peter bjorn & john- young folks (beyond the wizzard sleeve mix)

Das duas uma, para dar esta bela música, ou sou uma alma caridosa ou quero promover-me...nenhuma delas tem mal...

Nos últimos tempos tenho assistido a propagação da galinha dos ovos de ouro- os blogues. Muita gente (incluindo o prozac) utiliza estes espaços para ir buscar música gratuita...continua a não ter mal, pois não somos os responsáveis pelos uploads.

A inveja e a ambição são características humanas, fazem coisas muito boas e coisas péssimas, quando há pessoas honestas que põe música de graça com intuito de a divulgar, há outras que sacam e utilizam como fosse propriedade deles (é por isso que o comunismo falha- deixo isso para os mochos), isso na minha opinião é muito errado.
Meus amigos há um programa chamado HYPE MACHINE (têm o link no canto inferior direito deste blogue) que é muito utilizado para os brilharetes, mas nunca ouvi ninguém divugar este espaço como de segredo se tratasse tlvez por medo de haver mais pessoas a copiar e a musica tornar-se banal e consequentemente o estatuto dos que utilizam o hype desmoronar-se-ia, pois quando se é banal não se é vangloriado. Podem utilizar o hype machine para procurar toda a música que anda pelos blogues e fazerem os vossos downloads e a vossas playlist de sucessos. Tá dito. Se são honestos divulguem isto ao vossos amigos, se não são continuem a sacar e chiiiuuu... don`t tell anyone...que podem passar-vos a perna..
E a música que eu pûs ali em cima não foi por caridade nem para auto promoção, ela já anda no hype machine ha n tempo, eu sou + 1 a metê-la na net... banal portanto.
Está a aproximar-se o festival paredes de coura de djs internacionais temos 2 curiosos o justice e os digitalism (já falei sobre isso), se eles estão lá não é por venderem muitos singles no circuito indie, é sim por terem muitos downloads pois o hype machine está cheio deles, se quere músicas deles é só escrever lá o nome. O pessoal da organização do ferstival fez isso de certeza, e os artistas ganham porque estão lá a divulgar o seu trabalho e a aumentar a bola de neve.

Não quero ferir susceptibilidades, aqui está escrito o que penso sobre o assunto, e sinceramente acho que deviamos todos pensar no que andamos aqui a fazer, devíamos ser mais honestos, menos arrogantes e partilhar os nossos sentimetos e conhecimentos com os outros, já basta o terrorismo, a guerra e toda a merda que anda aí...
tsool: o prozac que vai ser disponibilizado depois de paredes, para terem acesso às playlists basta ouvir, e depois fazer o que vos der na real gana...
JP corrosivo;)

sexta-feira, agosto 11, 2006

moving like a train

Os Metric e os Art Brut são muito altruístas, submetem-se a cirurgias a laser sucessivas, não por questões estéticas mas para nos fazer sentir melhor...
tsool: herbert- moving like a train (jamie lidell mix)
JP

quinta-feira, agosto 10, 2006

anxious

prometi a mim próprio que não ia sacar o álbum dos junior boys que sai no início de setembro, mas posso dizer que estou maravilhado com o que já ouvi, o álbum foi recentemente incluído na best new music do pitchfork, embora isso queira dizer pouco, neste caso é um reforço!!
tsool: tv on the radio
JP

sábado, agosto 05, 2006

sad

infelizmente esta semana não é possível disponibilizar o programa porque al´guém decidiu desligar o pc!
o prozac é emitido todos os sábados das 21 às 22 na rádio voz da ria 90.2 fm no distrito de aveiro ou on-line em www.rvria.pt
tsool: scissors for lefty que foram destaque na edição de hoje
JP

buraco negro supermassivo

Os death from above 1979 acabaram esta semana, dizem que já nem podiam olhar um para o outro, o baixista Jesse Keeller já está a trabalhar com josh homme no próximo álbum dos QOTSA e no projecto MSTRKRFT o álbum looks já anda por aí, embora nós por aqui continuemos a preferir as remixes.
tsool: Escrevi aquela treta toda acima para encher porque o que eu quero mesmo dizer é que adoro o novo álbum dos FRENCH KICKS- TWO THOUSAND, se bem me lembro já tinha ficada apanhado em todos os outros....bought without listening!
JP

quarta-feira, agosto 02, 2006

errors

Afinal os fugiya & miyagi não são japoneses, são de Brighton mesmo aqui ao lado...enganaram meio mundo:) Eles próprios dizem: " we just pretend to be japanese" em grande estilo.
tsool: sound team, crime é não ouvir!
JP