quarta-feira, abril 30, 2008

Dreampieces

Podemos pensar nalguma informação,
Mas não a possuímos, de todo,
Ao comunicá- la de forma auto- referencial,
Tornamo- nos alienados,
Precisamente o contrário que a informação quer,
Ou a comunicação permite.

Mix:
PROZAC_MIX_08 (ZShare)

Playlist:
> Honeydrips- Trying Something New
> Poney Poney- Croos The Fader (Headman rmx)
> Headman- New
> Filthy Dukes- This Rhytm
> Operator Please- Leave It Alone (David E. Sugar rmx)
> Black Ghosts- I Want Nothing
> Force Of Nature- Transmute (Still Going rmx)
> Aeroplane- Whispers
> Lindstrom- Violent Group
> Sally Shapiro- Jackie Jackie (Junior Boys rmx)
> Low Motion Disco- Love, Love, Love (Aeroplane rmx)
> Metronomy- My Heart Rate Rapid
> Futureheads- Radio Heart

Álbuns:

HEADMAN- CATCH ME (Gomma, 2008)
É um álbum de Electro/ Pop- Rock ao centro. Pode atrair muita gente por isso, pode afastar muita gente pelo mesmo motivo- dentro do target que pode potencialmente gostar do álbum;). Afastando- nos dessas "guerrinhas" de poder de conhecimento musical, hype/ não hype, whatever... podemos tirar muito gozo da música. Que não introduzindo nada de novo ao género, traz ao Headman- particularmente inspirado no que respeita à pop. Bueno, bueno!!

RACONTEURS- CONSOLERS OF THE LONELY (Warner Brothers, 2008)
O segundo álbum dos Raconteurs e o álbum onde Jack White se "esconde" atrás de Brendan Benson, fazendo mais o papel de conversador, em verso ou guitarra!
As influências dos the Who ou Led Zeppelin, notam- se, mas não parece haver uma tentativa de imitação.
A distorção é pesada, mas lá atrás estão contadores de histórias. É preciso ouvi- los. Com a devida atenção podem chegar às arenas:)

QUIET VILLAGE PROJECT- SILENT MOVIE (Studio !K7, 2008)
O slapstick e os gags do cinema mudo, fazem tudo o que é possível fazer- se em comunicação analógica, tudo o que pode ser interpretado a partir daí é um mundo de possibilidades. Em Quiet Village encontramos conforto, que nos permite analisar de um ponto Cósmico as barbaridades que dizemos...
Projecto paralelo de Matt Edwards aka tecno master Radio Slave, aqui colabora com Joel Martin, também editor de música e fimes.
Quando há beat é lento, muito lento, perfeito para dançar em tons psicadélicos:)

THE LAST SHADOW PUPPETS- THE AGE OF THE UNDERSTATEMENT (Domino, 2008)
Cowboys: Alex Turner dos Arctic Monkeys, Miles Kane dos Rascals, Owen Pallett aka Final Fantasy que compõe para 22 elementos da Orquestra Metropolitana de Londres e James Ford metade dos Simian Mobile Disco.
Mais três seriam os 7 Magníficos:)
Pode parecer megalómano, grandioso ou ambicioso demais, mas não- fica a música popular!
É interessante ouvir onde mentes vindas de áreas diversas da pop se juntam. No final de Favourite Worst Nightmare pode ouvir- se Ennio Morricone e se calhar é mesmo na banda sonora de filmes que estes músicos se encontram, criando um excelente álbum de pop- sinfónica!

TITUS ANDRONICUS- THE AIRING OF GRIEVANCES (Troubleman Unlimited, 2008)
O nome da banda vem de uma tragédia de William Shakespeare, escrita no final do séc. XVI. É muito superficialmente uma história de vingança centrada num general Romano, violenta no seu impacto.
Podemos apenas especular porque a banda escolheu este nome, only they know... Eu diria que é pelo elemento visceral da voz do vocalista Patrick Stickles, impregnada de testosterona e acompanhada de ruido a preceito!:)
São as melodias quase folk, lá atrás, que tornam isto verdadeiramente belo e até dramático!

NO AGE- NOUNS (Sub Pop; 2008)
Há, de facto, algumas semelhanças entre os No Age, os supra Titus Andronicus e por exemplo os Times New Viking. Em comum têm a boa nota no exame do site pitchforkmedia, que, é sabido, gosta particularmente deste género. Mais, consegue mobilizar muita gente a falar destas bandas, comigo no rebanho:) Não vejo problema nisso, somos sugestionáveis:) E temos que ouvir para ver se gostamos, eles apenas aguçam a curiosidade!
Abrindo o pano de cacofonia, há pop (Sub Pop:) e temas instrumentais de ouvir e chorar por mais...

GUILLEMOTS- RED (Polydor; 2008)
Após terem sido nomeados para o Mercury Prize, com o álbum Through The Windowpane- orquestrado, melódico e ambicioso, os Guillemtos decidiram "secar" o seu som. Por vezes as viagens em falseto perdem o rumo, contudo é um álbum bem agradável.


JP*

sábado, abril 19, 2008

The Mist

Another Mix:

PROZAC_MIX_07 (ZShare)

Playlist:
> M83- Kim & Jessie
> Sebastien Tellier- Divine (Midnight Juggernauts rmx)
> Alf Emil Eik- To You
> Goldfrapp- Happiness (Metronomy rmx feat. Teenagers)
> Kate Nash- Foundations (Metronomy rmx)
> Pnau- Dancing On The Water
> Matthew Dear- Will Gravity Win Tonight?
> M83- Couleurs
> Primary 1- Hold Me (Shoes rmx)
> Hercules & Love Affair- This Is My Love
> French Kicks- Said So What
> Beach House- Wedding Bell
> Theatre of Disco- YOA (the Twelves rmx)
> Lost Valentino- Nightmoves (Comets Vitalo rmx)
> Presets- Talk Like That


Álbuns:

HONEYDRIPS- HERE COMES THE FUTURE (Sincerely Yours; 2007)
Lonely Hearts, here comes LOVE!
Primeiro longa- duração do songwriter Sueco Mikael Carlsson's. Sem esta informação saberíamos que eles são Suecos logo na primeira audição! Que ventos pop correm por lá? Que inspiração...
Este é um álbum pop- primaveril, com um groove do caraças. Faz- nos recodar New Order, Radio Dept., Tough Allience e Moses Leroy, por exemplo!
Summer time as come, and love will stick to it;)

FUTUREHEADS- THIS IS NOT THE WORLD (Nul Records; 2008)
3º álbum de originais para os Futureheads, o 1º fora da editora 679.
Não introduzindo nada de novo relativamente a bandas dos anos 70/80, no que respeita a produção e instrumentos, conseguem tornar esta aparente simplicidade na sua mais- valia. As guitarras são poderosas, a melodias magistrais com coros de bradar aos céus! Emoções fortes, que se revelam após algumas audições...

JAMIE LIDELL- JIM (Warp Records; 2008)

Liddel vai ficando mais colorido com o tempo...Longe vão os tempos em que fazia Tecno- IDM com Cristian Vogel.
Há uma clara aproximação soul/funk em Multiply. Em Jim essa aproximação chega a tornar- se fusão, com Prince, Marvin Gaye, Al Green ou Isley Brothers, por exemplo.
A música é fenomenal e podemos realmente sentir o poder da voz de Lidell, corre sérios riscos de se tornar um álbum mainstream, se isso é bom ou mau o tempo o dirá...
"...Please don`t make my feel good go away..."

M83- SATURDAYS=YOUTH (Mute; 2008)

Dificilmente sairá dos meus melhores do ano, mais, a capa é deliciosa!
M83 aka Anthony Gonzalez, é Francês e leva- nos ao espaço!
Incicialmente é o efeito surpresa que nos prende, piano, sintetizadores, falseto e admiração pop!
Posteriormente o shoegaze toma conta das nossas cabeças e só queremos o próximo concentrado de beats encobertos por narcóticos;) A produção é feita por mestres: Ewan Pearson e Ken Thomas!

FRENCH KICKS- SWIMMING (Vagrant Records; 2008)
É a cada album que passa um brainstrom de emoções, vincando a sua posição como uma das minhas bandas all- time. Desde Two Thousand que o seu som é leve, quase tropical, baseado em piano, guitarras e maracas, Nick Stumpf e Josh Wise cantam belas melodias em falseto.
Um álbum para ver estrelas!


Não esquecer, mais a norte;)
(datas retiradas da mailing lust- Flur:

27.05.2008- Animal Collective + Atlas Sound, Teatro Batalha, Porto
28.05.2008- Cat Power, Coliseu do Porto
30.05.2008- Young Marble Giants + Vampire Weekend + These New Puritans + Lightspeed Champion, Casa da Música, Porto
07.06.2008- Serralves em Festa: Wire + Pase Rock & Darko + DJ Koze + Haswell & Hecker + Stephan Mathieu & Aleksander Kolkowski´s «Recording Angels present Horatio Oratorio» + Josef Van Wissem, Fundação Serralves, Porto
08.06.2008- Serralves em Festa: Dirty Projectors + Neung Phak + Dan Deacon + Sublime Frequencies DJ/VJ set + Konono Nº1 + Stephan Mathieu & Aleksander Kolkowski´s «Recording Angels present Horatio Oratorio» + Josef Van Wissem, Fundação Serralves, Porto
29.06.2008- Konono Nº 1, Casa da Música, Porto
10.07.2008- Festival Optimus Alive: Rage Against The Machine + Gogol Bordello + Cansei De Ser Sexy + National + Spiritualized + MGMT + Tiga + Hives, Passeio Marítimo de Algés, Oeiras
10.07.2008- Super Bock Super Rock: Beck + Duran Duran + Digitalism, Lisboa
12.07.2008- Festival Optimus Alive: Neil Young + Ben Harper & The Innocent Criminals + Donavon Frankereiter + Gossip, Passeio Marítimo de Algés, Oeiras
18.07.2008- The National, Centro Cultural Vila Flor, Guimarães

JP*

segunda-feira, abril 14, 2008

sábado, abril 12, 2008

Into The Wild...

Nova mixtape:

PROZAC_MIX_06 (ZShare)

Playlist:
> Eddie Vedder- Rise
> French Kicks- Abandon
> Guillemots- Get Over It
> Jim Noir- Happy Day
> Jammie Lidell- Out Of My System
> Hercules & Love Affair- Hercules Theme
> Sebastien Tellier- Broadway (Jake Bulit rmx)
> Cut Copy- Out There On The Ice
> Presets- This Boy`s In Love
> Neon Neon- I Lust You
> Kelley Polar- Entropy Reigns (In The Celestial City)
> Lindstrom vs Black Ghosts- I Feel Space/ Something New
> Presets- If I Know You
> Teenagers- Make It Happen
> Mystery Jets- Veiled In Grey


Álbuns:

DODOS- VISITER (Frenchkiss; 2008)
Guitarra e percussão, apenas?
Álbum tão simples quanto belo, com voz confidente. A meio do álbum há interlúdios de guitarra espacial, que levaram os Dodos a serem comparados com os Animal Collective, Akron/Family ou High Places- banda que ainda não explorei devidamente:/

JIM NOIR- JIM NOIR (My Dad; 2008)
O anterior Tower of Love é um dos meus álbuns favoritos, que juntava os EPs prévios de Jim Noir.
Portanto este é, de facto, o seu álbum de estreia, e que estreia!
Camadas de harmonias deliciosas, criam o ambinete, psicadélico, para Noir colocar a sua voz, com vários efeitos e coros. Poder- se- á comparar aos Super Furry Animals ou a Brian Wilson. É bom ser criança:)
O jornal rhe Independent chama- lhe génio!

PRESETS- APOCALYPSO! (Modular; 2008)

Julian Hamilton & Kim Moyes têm aqui uma bomba!
Álbum de dança que mistura electro, house, tecno e Disco com estilo, dramatismo e negrume!
If I Know You, chega a tocar o céu!



EDDIE VEDDER- MUSIC FOR THE MOTION PICTURE INTO THE WILD (2008)

Só me perdi verdadeiramente neste disco, após ver o filme- magnífico em que um jovem dá todo o dinheiro que tem para caridade e começa a viajar à boleia pela América, sozinho mesmo quando acompanhado. Sean Penn faz- nos pensar "happiness is only real when shared".
Eddie Vedder compõe magistralmente a banda sonora com 9 pérolas em estado bruto! É verdadeiramente inacreditável o talento de Vedder, penso que às vezes nos esquecemos dele, com tanta música a acontecer ao mesmo tempo, é pena...
Disco para viajar, sem tempo... Comprado traz capa de cartão, fotografias, letras e muitos extras!

MYSTERY JETS- TWENTY ONE (679; 2008)
Produzido pelo guru Alkan, os Jets continuam a fazer músicas de encher o ouvido! Há muitas que me deliciam.
Perderam um pouco de inocência e ingenuidade de quem quer fazer tudo, fazendo com que o álbum não seja equilibrado. Impec.indeed;)



JP*

sexta-feira, abril 04, 2008

Oh Happy Day...

Another mix!
Também serve como programa de rádio quando não há possibilidade de lá ir fisicamente:)

PROZAC_MIX_05 (ZShare)

Playlist:
> Jim Noir- All Right
> Mystery Jets- Young Love (Shoes mix)
> Cut Copy- Nobody Lost, Nobody Found
> Juan Maclean- Happy House
> Roxy Music- Same Old Scene (Glimmers rmx)
> These New Puritans- Navigate, Navigate (Loving Hands rmx)
> Tony Allen- Kilode (Carl Craig rmx)
> Hercules & Love Affair- You Belong (Riton rmx)
> Mock & Toof- Black Jub
> Black Ghosts- The Repetition Kills You
> Hot Chip- Colours (Fred Falke rmx)
> Whitest Boy Alive- Golden Cage (Fred Falke rmx)

JP*